Pesquisar este blog

quinta-feira, 6 de abril de 2017

IPO da Azul é suspenso por 30 dias


Comissão de Valores Mobiliários (CVM), órgão que regula o mercado de capitais brasileiro, anunciou nesta quinta-feira (6) que suspendeu pelo prazo de até 30 dias o processo de oferta pública inicial de ações (IPO, na siga em inglês) da companhia aérea Azul.

Segundo a CVM, a suspensão poderá ser revogada "irregularidades" forem devidamente corrigidas". "Caso contrário, o pedido de registro da oferta será indeferido", diz o comunicado.

Entre as infrações cometidas pela aérea, foram citados uso irregular de material publicitário não aprovado pela CVM, projeção de valorização de investimentos em ativos da companhia aérea portuguesa TAP, que não consta dos prospecto da oferta, além de divulgação sucessiva de informações sigilosas de projeções de demanda e precificação das ações da oferta em matérias jornalísticas.

Deve lembrar-se que esta é a quarta tentativa de IPO da Azul.

Fonte: Globo.com

Primeiro Phenom 100EV é entregue


A Embraer Aviação Executiva entregou o primeiro jato Phenom 100EV, no último dia 31. A nova aeronave foi certificada pela ANAC, no Brasil e a americana FAA. Evolução do Phenom 100, que chegou ao mercado em 2008, o Phenom 100EV é equipado com novos aviônicos e motores modificados.


A chegada do Phenom 100 ao mercado em 2008 estabeleceu um novo padrão para a indústria, elevando as expectativas dos clientes a respeito de um jato executivo leve”, disse Michael Amalfitano, CEO da Embraer Aviação Executiva. “A evolução do nosso primeiro projeto totalmente dedicado para a aviação executiva reflete nosso comprometimento em ouvir os clientes para continuar oferecendo aeronaves revolucionárias e com mais valor para o mercado”.

LDB retomará obras


Na próxima segunda-feira (10/04) a Infraero emitirá a Ordem de Serviço para a retomada das obras da nova sala de embarque do aeroporto, com prazo de conclusão para julho de 2017.

Vale lembrar

No início de março retomou-se a obra da nova Administração do Aeroporto e das instalações da Sala Radar, que tem prazo de conclusão em setembro de 2017. R$ 7,2 milhões é o valor referente aos investimentos.